20 de maio de 2018

Ignorar: Uma Arte A Ser Aprendida


Ignorar. Uma das palavras mais difíceis e poderosas da vida. Um verbo que requer muito caráter para conjuga-lo em primeira pessoa. Ignorar é uma arte. Ignorar é a chave mais importante que tranca e destranca as portas que abrem várias passagens. Ninguém consegue ir para a frente sem ignorar muita coisa. Ninguém jamais será feliz se não aprender a ignorar.

A gente deve começar ignorando as pessoas que nos fazem mal, as dores que nos maltratam, os sentimentos que nos retardam, o passado e o remorso que nos sufoca. Ignore esse barulho e esse silêncio que te massacra. Ignore essas declarações vazias. Ignore esse beijo sem graça, essa vontade que passa, esse medo de estar só.
A gente precisa ignorar nossos medos, desconhecer os receios e se afastar dessa inseparável e mesquinha covardia. Ignore e se separe de tudo que embaraça, de tudo que complique, de tudo que só faz nó.

Ignore esse costume de sempre duvidar que pode. Ignore a preguiça, a falta de tempo, o lamento, o cansaço. Ignore tudo o que esteja te colocando pra baixo. A gente precisa ignorar essa mentalidade fraca de que não dá conta, de que não é pra gente, esse temor que nos impede de tentar. Não dê atenção às fofocas e aos fofoqueiros, às discórdias e aos briguentos e às mentiras e aos mentirosos. Nunca esteja junto aos de pouca fé, chorões e pessimistas. Não de ouvidos àquelas pessoas falsas, pessoas chatas e aqueles que só te procuram querendo te derrubar.

Ignore caminhos tortos, olhares tortos, palavras tortas, sorrisos tortos. Ignore a inveja, a cobiça, a ignorância e a estupidez. Ignore a falta de amor, a pouca reciprocidade, a falta de verdade e as desleais amizades. Ignore essa pessoa que você não reconhece quando se vê no espelho. Ignore esse choro no banheiro. Ignore essa baixa autoestima que te destrói e essa falta de perdoar que te corrói. Ignore essa pouca esperança. Ignore a balança, a cobrança, seja mais desiniba, mais atrevida, se entregue para as coisas boas da vida.

Ignore tudo o que pesa no coração. Ignore essa cobrança de padrão. Passe longe dessa falta de paixão. Ignore tudo o que de ruim te faz ficar sem chão, tudo o que te aperta a alma. Ignore essa falta de paz, essa falta de paciência, essa falta de calma. Ignore a covardia em nunca saber dizer não. Ignore a timidez, a vergonha e a falta de voz. Ignore esse sempre pensar em “nós”. Pense mais em você. Ignore essa falta de querer. Ignore essa falta de atitude.

Ignorar faz com que quase tudo mude. Quando você aprender intensamente a ignorar, você redireciona o seu pensamento, os seus sentimentos, o seu olhar. Você aprende a, verdadeiramente, se amar. Você começa a conquistar a vida que foi feita para se viver. Ignorar faz bem. Se o que procura é a felicidade, aprenda a deixar passar, comece a ignorar e veja um grande milagre acontecer.



Perspectivas...


Outro dia uma pessoa se referiu a mim como alguém que tem uma vida difícil por ter a minha filha. Fiquei pensando naquele momento o que é difícil pra um, pra mim é encarado com naturalidade. Sou muito realista, sei que travamos batalhas grandes, mas não diferente de toda mãe que quer ver seu filho bem e feliz. Acho que tudo é questão de perspectiva. Lamentaria muito se não a tivesse. Tê-la é um presente, pois independente de sua condição física eu a amo, e não só por ser mãe, e sim como pessoa. Para alguns bater o dedo na quina da cama é o fim do mundo, para outros não. Acredito que problemas são coisas muito maiores do que esse, como não ter um teto, uma cama quentinha, tomar um banho, comer algo que goste, enxergar, respirar. Existem também pessoas que não tem essas coisas, e dão lição de vida . Dou valor à pequenas coisas. Quando falam que ela tem problema, eu nem me dou o direito de ficar chateada porque para aquela pessoa talvez seja. Pra mim, ela é apenas a minha filha. 

Adriana

12 de maio de 2018

Ela é pequena na altura. Mas pense numa mulher grande no amor, no sonhos e na fé. (Josias Gomes)


Em homenagem à preciosa pequena grande filha que tenho ♥️

Autor: Josias Gomes
Créditos: @ApenasRelatos

Oportunidade de ser Mãe...


Ser mãe, me deu uma oportunidade de me conhecer, pois quando fui colocada a prova descobri o meu valor. Tirei forças de onde nem sabia que tinha, me reinventei, superei, errei, acertei. Talvez eu tenha tido uma oportunidade única de descobrir quem realmente eu sou. Ao contrário do que muita gente pensa, não é o fim do mundo. Sou uma mãe como outra qualquer e talvez com alguns cansaços a mais, em que minhas pernas e meus braços são extensões dos existentes em minha filha por sua total dependência em mim. Mas percebo também, que a partir disso vários brotos se formam e o amor se multiplica. Toda força, esforço que necessito fazer, se fazem em mil quando percebo o amor e a gratidão que recebo. Tive que aprender tantas coisas, mas também sei que de alguma forma sou imensamente cuidada e amada por essa filha que me enche de orgulho. Só tenho a agradecer pela chance de tê-la em minha vida, e desfrutar de sua força, alegria e companheirismo. A sua amizade, a sua sinceridade é um presente para mim.



Feliz dia das Mães a todas as mamães com muito amor e carinho. 


Adriana

Respeite as vagas e rampas reservados às pessoas com deficiência.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...